BUSCA NO SITE

Educação, Cultura, Desporto e Turismo 05/04/2018

Imigrante é reconhecida como “A Terra dos Imigrantes”

 

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul aprovou, no dia 27 de março, o Projeto de Lei que denomina o município de Imigrante como “A Terra dos Imigrantes”.

Arroio da Seca fazia parte da colônia de Estrela e Daltro Filho pertencia a Garibaldi. Em 10 de abril de 1988 foi realizado o plebiscito, no qual a maioria da população dos dois locais votou pelo sim.

A fundamentação história que está na justificativa do Projeto aborda principalmente que a região, na qual Imigrante pertence, passou por três etapas de colonização. Aproximadamente em 1800 e 1824 quando imigrantes alemães começaram a se estabelecer no vale, e por volta de 1870 com a chegada dos italianos.

O Secretário de Educação, Cultura, Desporto e Turismo, David Orling, explica que ter um título é importante para o turismo e a criação de uma identidade, o que auxilia na aprovação de projetos, porém, essencialmente esta nomenclatura crie uma memória afetiva e de pertencimento à população imigrantense.

Já o Prefeito Celso Kaplan comenta que está feliz com a aprovação, e que o projeto tramitou cerca de um ano na Câmara e foi aprovado, o que é um curto espaço de tempo. “Imigrante foi colonizado, principalmente, por imigrantes alemães e italianos e nos dias de hoje abriga as mais diversas etnias. Nosso principal intuito é resgatar a história, reforçar e manter viva a cultura destes antepassados”, ressalta ele.