.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

07h30min às 11h30min | 13h às 17h.

Saúde - Quarta-feira, 06 de Dezembro de 2023

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Saúde adverte sobre faltas em consultas e exames

Além de tomar o lugar de outros pacientes, a falta prejudica a comunidade inteira, pois dificulta a obtenção de novas vagas para outras pessoas.


Saúde adverte sobre faltas em consultas e exames

A Administração Municipal, por meio da Secretaria da Saúde e Assistência Social, adverte sobre faltas injustificadas a consultas e exames. Conforme a secretária Jóice Cristina Horst, além de tomar o lugar de outros pacientes, a falta prejudica a comunidade inteira, pois dificulta a obtenção de novas vagas para outras pessoas.

“Quando uma pessoa falta a uma consulta ou exame, ela não só está tirando o lugar de alguém que realmente vai comparecer, mas dificulta a obtenção de novas vagas por toda a comunidade. Isso porque o município acaba sendo ‘punido’ com restrição do acesso a vagas. A consequência é que o cidadão é o maior prejudicado”, explica a secretária.

O paciente desistente deverá procurar a Secretaria da Saúde e Assistência Social, para, presencialmente, assinar um termo de desistência. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3754-1163, com Ana Patrícia Funke.

Ana Patrícia considera que, mesmo que o município esteja sendo contemplado com várias consultas via Central de Marcação do Estado (Gercon), gerenciado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), é preciso otimizar as consultas pois há vários munícipes aguardando consultas especializadas em todas as especialidades e as mesmas não podem ser repassadas para outro paciente internamente.

“Precisamos fazer o cancelamento com 72 horas de antecedência para que a mesma possa ser repassada para outro paciente. Também não temos autonomia para escolha de data, horário e médico. Precisamos seguir os protocolos do Estado, onde todos os encaminhamentos são avaliados e classificados conforme grau de urgência por médicos regulados e, posteriormente, as consultas disponibilizadas conforme vaga nas instituições de saúde, conforme especialidade pactuada”, explica.

Fotos de Carlos Eduardo Schneider

Facebook Twitter WhatsApp Imprimir

109 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.
.

Calendário de eventos

.
.

Acompanhe-nos

.
.

Prefeitura Municipal de Imigrante - RS.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.